facebook

Ninja Escape Room | Um passeio diferente em Curitiba!!

Hoje segue o relato da sócia Carina Akiyoshi:

Cresceu em mim aos poucos a vontade de abrir um Escape Room.

Após jogar a primeira vez já foi um sentimento de conquista e vontade de jogar mais. Depois de conhecer vários outros jogos, formas e tamanhos pude ver como é mágico e fantástico esse universo dos escapes.

Sempre uma experiência diferente. Já joguei o mesmo jogo mais de uma vez, de forma online e presencial, e sempre tem a sensação de alegria ao sair, de quero saber mais quando não deu tão certo.

O desejo de trabalhar com isso foi plantado em um momento que eu ainda não estava pronta, meus objetivos de vida eram outros.

Mas depois de uns anos a semente que já estava sendo cultivada foi colhida quando meu sócio Alexandre Hideki Maeda Joboji me chamou.

Lembro que na minha sala ele disse: “vou abrir um Escape Room, ainda está interessada?”, e na minha mente não existia outra resposta! “SIM! É tudo que eu precisava nesse momento”

Minha mente já fervilhando de ideias e tudo que podia ser feito, os mundos que poderíamos criar, as pessoas que poderíamos mostrar esse novo mundo.

Um ano nos planejamos, organizando tudo que pensamos que seria necessário, e aprendendo o que podíamos para entrar nessa aventura. Planejamos, estudamos, analisamos, criamos nosso primeiro protótipo e testamos. Muitos feedbacks positivos.

Aprendi e tenho que lembrar todos os dias que a maior crítica para o que criamos sou eu mesma. Que o perfeccionismo está em mim e nunca será perfeito. Aprendizado diário e constante.

Depois de muito buscar encontramos um local que se encaixava bem com o que procurávamos, começamos a trabalhar na primeira sala e, nossa, dias trabalhando até tarde compensaram ao ver o resultado. Tive um filho logo antes de embarcar nesse empreendimento, e digo que muito que aprendi sendo mãe aprendo criando a empresa e vice-versa.

Nem tudo saiu como o planejado, mas aprender a usar os defeitos e transformar em efeitos foi algo que aprendi quando criança com a minha irmã. Saber lidar com as adversidades e transformar em algo positivo fazem muita diferença.

O Escape Room é um negócio que não se encaixa no padrão, e isso que faz com que seja tão incrível. Ser obrigado a resolver e criar novas formas de fazer as coisas para surpreender os jogadores é animador, difícil, mas se fosse fácil, qual seria a graça?

Vejo que ainda temos muito o que aprender e desenvolver, mas até agora o que temos vivido, altos e baixos, já considero uma experiência incrível.

Desejo muito que a todos que tivermos o prazer de atender estejam satisfeitos e sintam todo carinho e dedicação que colocamos nessa empresa. E aos que virão nos conhecer sejam bem vindos, ansiosa para conhecer vocês!

Abrir bate-papo
Enviar uma mensagem
Olá 👋
Posso te ajudar?